terça-feira, janeiro 31, 2006

Querem a cabeça do Dr. Cury - e você?



O médico André Sacco Jr, ex-secretário da Saúde de Osasco e vereador pela segunda vez, que diz ter a defesa da saúde do osasquense com a principal sua bandeira, se diz indignado com a falta de sensibilidade do secretário municipal de Saúde e vice-prefeito Faisal Cury. Sacco reclama que falta pulso ao colega, razão porque a saúde de Osasco se encontrar na UTI. Em entrevista concedida ao jornalista Jairo Camilo, após uma breve hesitação, ele pediu a demissão do titular da pasta, Faisal Cury. “Acorda Cury, o povo tem dor. (...) Já acabou o ano e não vimos nada. A dor não espera processo licitatório”. Leia alguns destaques da entrevista exclusiva ao Projeto Veracidade e não deixe de expressar a sua opinião no final.

Jairo Camilo – Uma pergunta para nortear nossa conversa: com que olhos você vê a saúde em Osasco? Como oposição ou como alguém que se identifica com o atual governo?
Dr. André Sacco – Veja bem... Eu tenho 43 anos de Osasco, sou médico aqui há 25 anos. Participei de outras administrações, fui vereador, tive a honra de ser valorizado como secretário de saúde no governo Celso Giglio. Enfim, como vereador eu tenho a obrigação de ter o olhar do cidadão, e como médico eu tenho a obrigação de sentir as necessidades que o cidadão tem. De sentir a dor que o cidadão tem. Portanto, a minha visão sobre a atual administração é bastante preocupante.

Jairo - Se tirarmos uma fotografia do momento atual, comparando com a época em que você era secretário do Celso, considerando as promessas de campanhas do Emidio, a saúde piorou, melhorou ou está igual?
Dr. André – Piorou, e muito. E eu não gosto da crítica pela crítica. Até valorizo os bons projetos que estão aparecendo na cidade, mas acho que falta preocupação com a dor do cidadão. Qual a primeira reclamação em todas as cidades? A saúde, claro. Em Osasco está em primeiro. Então, não dá para esperar o ano que vem. Tem que resolver este ano. Não dá para esperar porque a dor do cidadão é hoje. Então precisa ter mais agilidade. Tenho certeza que o prefeito quer que a saúde funcione. Pelo menos ele se propôs a isso. Talvez o Cury também tenha essa preocupação. Mas uma coisa é a velocidade da preocupação.

Jairo – E as novidades festejadas, e o INCOR?
Dr. André – O INCOR ainda é incipiente, está sendo implantado. INCOR, sem sombra de dúvidas, é uma equipe técnica da melhor qualidade.

Jairo – Este é o problema do Cury. Falta uma postura mais enérgica, não bate na mesa e diz: olha aqui, ou eu monto a minha equipe ou estou fora.
Dr. André – Vou te dar um exemplo. Nós tivemos a oportunidade na audiência pública da saúde, e eu cobrei dele o seguinte: não está funcionando o raio-x do Osmar Mesquita, o raio-x do Jardim Santo Antonio, nem do Rochdale. E não colocaram ainda o raio-x, um ano depois, do Pronto-Socorro André Sacco. A resposta que eu tive é que o processo licitatório é moroso, que a empresa deixou de prestar serviço. Mas o cidadão que precisa fazer o raio-x não vai esperar processo licitatório. Se o aparelho está quebrado, tem que fazer qualquer coisa para arrumar. Não dá para ficar esperando um processo licitatório. Tem que achar uma forma emergencial para arrumar os equipamentos. Não é comprar um novo. É só trocar as ampolas. Mas tem uma coisa chamada preocupação. Tem que estar preocupado, de direito e de fato, em atender o cidadão. Se o raio-x está quebrado, tem que brigar com todo mundo para que aquele raio-x esteja pronto o quanto antes.

Jairo - Doutor, com toda franqueza que Osasco merece, você acha que o Dr. Cury deveria ser substituído?
Dr. André – Sim.

Jairo - Por quê?
Dr. André – Porque não está conseguindo atingir a rapidez que o povo precisa. O povo precisa de rapidez nas suas ações.

Um comentário:

Jairo Camilo (MTb 29.160) disse...

Caros

Sou leitor do periódico Varacidade. e primeiramente cumprimento pelo bom
trabalho, e até aqui independênte.

Na edição de Novembro do ano passado, André Sacco faz críticas à atual
administração e secretário.

Conheço com profundidade a Secretaria da Saúde do município, ainda, com mais
profundidade do que vários "aspones" que estão lá.

A matéria foi conduzida inteligentemente pelo Jairo, porém o ex-secretário
não tem autoridade moral para falar sobre a pasta, pois foi um secretário
incompetente que só vislumbrou sua carreira política enquanto esteve a
frente da secretaria.

Cury está longe de ser um bom secretário, mas o André Sacco conseguiu ser um
dos pióres secretários dos últimos 20 anos, só perdendo em incompetência
para o João de Souza.

Sou Paulo Bittencourt, Advogado, 36 anos, nascido e criado em Osasco